VOOS A PARTIR DE JACOBINA

Viajando no tempo
Uma passagem e diversas histórias 

  
  


Um bilhete de passagem aéreo datado de 18 de dezembro de 1967, da Varig (Viação Aérea Rio Grandense), de um voo que partiu às 8 horas, da Capital Capixaba, Vitória, com destino à Salvador, foi encontrado recentemente em um terreno baldio de Jacobina.
Para quem gosta de números; 573 meses depois, ou 47 anos e 10 meses após, a passagem que custou NC$ 67,50 (sessenta e sete cruzeiros novos e cinqüenta centavos), sendo equivalente nos dias atuais a R$ 144,00 (cento e quarenta e quatro reais), conforme o site ‘Calculadoras online’: (http://www.profcardy.com/calculadoras/atualizacao-monetaria-calculada.php). Um absurdo de dinheiro para a época. Com a valorização da moeda brasileira, quem pretender fazer o mesmo trecho no dia 18 de dezembro de 2015, adquirindo a passagem antecipadamente, terá que desembolsar cerca de 900 reais.
Um simples bilhete, apenas uma comprovação que alguém com alguma relação com a cidade do ouro tenha feito o trajeto ligando as duas capitais e que provavelmente, por na época ser algo não comum, sendo exclusividade apenas dos mais abastados, tenha sido guardado como um ‘troféu’, uma ostentação pessoal. Para se ter uma ideia, a hoje falida Varig, que foi durante muito tempo a maior empresa brasileira e uma das maiores companhias aéreas do mundo, ganhou destaque pelo seu serviço de bordo requintado em todas as classes de voo. O serviço de bordo chegava a oferecer caviar na primeira classe, e em alguns voos o jantar tinha churrasco no espeto.
Recordando - Naquele ano, 1967, em 19 de julho, um acidente aéreo matou o primeiro presidente do regime instaurado pelo Golpe Militar de 1964, o Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco. O avião que ele viajava chocou em pleno ar com um jato da FAB. No seu governo Castelo Branco promulgou vários decretos-leis e 4 atos institucionais, que, entres outras arbitrariedades, reprimiram as manifestações contrárias às atitudes à sua administração com severidade (através da bala e do cassetete), estendeu a eleição indireta também aos governadores e deputados, determinou que os prefeitos fossem nomeados pelos governadores locais, fechou o Congresso e aprovou uma nova Constituição, que dava legalidade ao regime ditatorial. Além de manter as eleições indiretas, diminuiu a autonomia dos estados.
Voos Jacobina x Salvador x Jacobina x Fortaleza – No início da década de 60 a empresa TAS (Transportes Aéreos Salvador) realizava vôos regulares aos sábados e domingos entre Jacobina a Salvador e Jacobina à Fortaleza, com ‘escalas’ em Feira de Santana e Petrolina, em aeronaves DC-3, com capacidade média para 20 passageiros. Conforme tabela de horários da empresa na época, o voo partia às 8 horas da manhã de Fortaleza (CE) e fazia escala em Jacobina às 13h40, onde a tripulação e os passageiros tinham um tempo para o almoço:
TAS 400 – Sábados
Salvador 08:30 08:55 Feira de Santana 09:15 10:05 Jacobina 10:25 11:15 Petrolina
Petrolina 12:15 13:20 Cariri 13:50 14:50 Quixadá 15:10 15:45 Fortaleza
TAS 401 – Domingos
Fortaleza 08:00 08:35 Quixadá 08:55 09:55 Cariri 10:25 11:30 Petrolina
Petrolina 12:30 13:20 Jacobina 13:40 14:30 Feira de Santana 14:50 15:15 Salvador
Liberação - Recentemente a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), liberou o aeródromo de Jacobina para vôos civis com renovação válida por dez anos. Interditado desde 2011, o Aeroporto 2 de Julho estava sendo utilizado clandestinamente por aeronaves de pequeno porte. A cidade está entre os 20 que participarão do Plano Aeroviário da Bahia (PAE/Bahia), com a expectativa de investimentos da ordem de R$ 800 milhões até o ano de 2033, em 20 aeroportos, por meio do poder público e de concessões. De acordo estudos, o país possui mais de 6 dezenas de destinos com demanda para receber vôos da aviação comercial regular, mas que não entraram ainda na malha das companhias aéreas por falta de infraestrutura adequada.
Tragédia – Por volta das 12h40, do dia 5 de junho de 1997, uma aeronave modelo BEM 820 C Navajo, da empresa Bahia Táxi Aéreo (Bata), decolou do Aeroporto de Jacobina com destino a Salvador e imediatamente, após a decolagem iniciou uma curva acentuada a baixa altura e em seguida colidiu com um poste de energia elétrica e logo depois com o solo e como conseqüência dos impactos os quatro ocupantes morreram no local. De acordo as investigações, a hipótese mais provável para o acidente foi uma falha no motor esquerdo por falta de combustível. “Foi iniciada a decolagem às pressas para Salvador, para que a carga (de ouro) fosse embarcada para São Paulo às 15h30”, diz um trecho do relatório da investigação.

A canção mais tocada no Brasil em 1967 era Gina, do cantor inglês, Wayne Fontana, seguida de Coração de Papel, do sertanejo Sérgio Reis.

“Se você pensa
Que meu coração é de papel
Não vá pensando, pois não é
Ele é igualzinho ao seu
E sofre como eu
Por que fazer chorar assim
A quem lhe ama...

Por Gervásio Lima
Jornalista e historiador